Hardware: Periféricos de Entrada e Periféricos de Saída

Periféricos de Entrada e Saída:

Os periféricos do computador são divididos em dois tipos:

>> Periféricos de Entrada: São os periféricos que têm a função de servir de interface de entrada de informação entre o usuário e o computador, por meio deles podemos solicitar ao computador o que deve ser realizado, assim o computador processa as informações e retoma para o usuário uma resposta. Exemplos de periféricos de entrada: Mouse, Microfone, Teclado, etc...

>> Periféricos de Saída: São os periféricos que têm a função inversa dos periféricos de entradal. A função dos periféricos de saída do computador é servir de interface de saída de informações entre o computador e o usuário, por meio deles recebemos as informações que foram processadas pelo computador. Alguns exemplos de periféricos de saída: Monitor, Impressoras, Caixa de Som, etc...

Saiba mais:

Teclado: O teclado é um periférico de entrada que permite o usuário inserir dados através de diversas teclas, inclusive com combinações.

Mouse: É um periférico de entrada que permite o usuário posicionar uma seta (apontador) através da interface gráfica dos aplicativos. O mouse possui 2 botões padrões, o esquerdo e o direito.

Webcam: Periférico de entrada que captura imagens estáticas e em movimento. Utilizada para vídeo conferências.

Scanner: É um Periférico de entrada, também conhecido como digitalizador de imagens. Captura imagens impressas (foto, livros, documentos) através da decodificação de reflexos gerados por impulsos luminosos.
Pode ser de mão ou de mesa. Usado em conjunto com um software de OCR (Optical Character Recognition) reconhecimento óptico de caracteres, pode transformar textos impressos em arquivos editáveis.

Imagem de um scanner de mesa da empresa HP.

Monitor: Principal periférico de saída, exibe ao usuário as principais informações do sistema.
Os principais tipos são: LCD, CRT, Plasma, OLED.
Operam comumente em freqüências entre 60HZ e 80HZ.

Modem: É um periférico de entrada e saída. É também um Hardware que pode ser instalado no interior do gabinete ou externamente (logo, torna-se um periférico). Seu nome vem de Modulador e Demodulador de sinais, ou seja, transforma tipos de sinais para o tráfego de dados. Um modem ADSL (de internet de alta velocidade) é capaz de demodular o sinal analógico do telefone e modular o sinal digital do computador, para troca de dados através do cabo do telefone.

Imagem de um modem ADSL da marca D-Link.

Principais exemplos:

Fax-modem
ADSL modem
Cable modem
WiFi modem
Anônimo em 15 de junho de 2012 16:13

Muito bom esse site me ajudou muito para fazer o meu trabalho de informatica

Anônimo em 14 de agosto de 2012 18:58

nice.

vlw ae pela explicação!

;D~~

Anônimo em 14 de agosto de 2012 18:59

nice.

muito bom ta bem explicadinho.

;D~~

Anônimo em 15 de agosto de 2012 12:02

eu nao sei oq escrever '-' falo!

Anônimo em 5 de dezembro de 2012 14:52

me ajudou muinto valeu

Anônimo em 5 de março de 2013 16:39

muito legal

Novo Comentário